sexta-feira, 27 de maio de 2011

Pensamentos em...Vão?

Faz algum tempo que eu não venho aqui. Motivos? Nenhum aparente. Talvez seja a falta de idéias mesmo, o cansaço (psicológico, claro) de estudar e tudo mais. Um pouco é o namoro também, é difícil encontrar tempo para escrever quando se está apaixonada. É complicado pensar em algo que não seja ele, pois ele ocupa tanto meu coração quanto minha mente. Acho que é por isso que não consigo escrever. Minha mente está vazia de idéias, agora está tudo parecendo tão concreto, talvez até seja realmente concreto, não sei. Porém, em meio a alguns pensamentos, eu sinto também um pouco de confusão. O que será da minha vida daqui pra frente? Não sei dizer em que ponto específico eu penso isso, é bem complicado mesmo. E é por isso que o blog não está sendo atualizado como era antes. É muita dúvida, muitos “Pensamentos em vão”, que não chegam à conclusão nenhuma ou ponto de partida. Vontades não me faltam, mas, por onde começar? Sonhos aumentando, desistências praticamente iminentes. Nada mais é tão “perfeitinho” como era antes. É isso que eu não entendo. Estou amadurecendo? Pois tudo parece agora não ser mais tão fácil, como eu sempre soube que seria quando crescesse. Eu quero parar isso. Quero voltar a sonhar e pensar em como as coisas vão ser, sem me preocupar se elas irão ou não se realizar, eu quero só imaginá-las, construir idéias e novos pensamentos. Eu não consigo. Parece que algo dentro de mim grita incessante para que eu volte a isso tudo, e nesse momento, a minha consciência (ou o que será?), praticamente urra dentro de mim dizendo: -Você está com 17 anos, não é uma criança, pare de sonhar com besteiras!!!
E é isso que me confunde... O que eu realmente quero importa? O que eu tanto sonhei agora importa? Essa é a ‘confusão da adolescência’ que tanto me falaram que eu sofreria?
Droga, tenho 3 opções: Cresço de uma vez, volto a ser criança ou eu fico louca.
Acho que a 3º opção está mais perto...

2 comentários:

JC disse...

Bi. Minha filha. Sei que vc vai estranhar eu dizer isso, até pq conversamos muito pouco, e até de certa forma sei q não tenho sido muito bom pai, mas só tenho uma coisa pra te dizer.. VIVA UM DIA DE CADA VEZ. Aproveite prá sonhar com uma ponta de realidade.... AMO VOCÊ MINHA FILHOTA..

Luna A.H. disse...

Adorei teu texto (ou desabafo)...
Bem sincero e super fofo...
Sei como é passar por essas coisas,ter que tomar decisões e querer sonhar enquanto todos gritam que temos que acordar...

Beijos
=*