sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Sou inconstante, sou sim!

"A alma que Deus me deu, é sensível demais para reter por muito tempo uma mesma impressão. Sou inconstante, mas sou feliz na minha inconstância, porque, apaixonando-me tantas vezes, não chego nunca a amar uma vez..."

Eu me identifiquei muito com esse trecho do livro "A moreninha", leitura obrigatória para as aulas de literatura do ensino médio. Nunca gostei muito desses livros, mas, ler 82 páginas numa tarde, significa que prendeu realmente a minha atenção. Digo que, vários irão pensar mal de mim, pela parte de eu falar que não chego nunca a amar. Amo, sim, assim como todos os outros seres vivos, sofro, choro e alegro-me com presenças. Sou como qualquer outra pessoa, porem, não tenho a dita 'paciência' de esperar que sintam por mim o que sinto por outros. Essa é a minha inconstância, a minha real felicidade, pois me prometi não sofrer, não chorar e não humilhar-me a mais ninguém. Deus saberá qual destino será o meu, se é que tenho um já traçado. Espero que não me entendam mal. Eu não disse que não amo, como falei antes, só disse que me identifiquei com o texto, pela minha inconstância. Meus pensamentos são como águias, vorazes, de olhar atento e à espreita. Podem ir para qualquer lado, mas, é assim que sou feliz, na minha inconstância.

2 comentários:

SLIM disse...

inconstante porém a inconstante mais... mais tudo q eu conheço ... mais legal .. linda e tudo oq eu sempre falo ^^

teadoro/amo♥

Hong disse...

wow!
eu tbm me indentifico com vc na parte do inconstante que apaixona mas nao espera o msm amor devolta.

continue mara assim! *-*